Nossos Serviços



comunicação interna
Você se preocupa com seu público externo e se esquece do que acontece ao seu redor? A comunicação interna é de vital importância para a vida de qualquer empresa, afinal tudo começa no relacionamento entre colaboradores, fornecedores, gerência... por isso a Teia Comunicação oferece ferramentas adequadas para que essa comunicação simplesmente aconteça. Pode ser um mural, pode ser um jornal institucional ou quem sabe um boletim eletrônico? O estudo da sua necessidade é que vai ditar o produto.


documentários
Contar uma história, mostrar uma ideia ou uma personalidade através de uma análise original. Que tal fazer isso com um documentário, um formato clássico e que oferece uma grande liberdade? Trata-se de um produto ideal para artistas, pessoas públicas, Ong's e instituições ligadas às artes, educação, turismo e cultura em geral.

assessoria de comunicação
Se relacionar com a mídia de forma geral, colocando sua empresa, produto ou serviço em evidência: esse é o papel da assessoria de comunicação. E vamos adiante, pois a Teia Comunicação oferece, além do trabalho direcionado ao contato com a imprensa, ferramentas de comunicação para várias outras utilidades, sejam elas dentro ou fora de sua empresa.



vídeos institucionais
Com os recursos audiovisuais de que dispomos hoje, oferecer sua empresa através de um vídeo institucional é uma ótima ideia. Nossos profissionais são experientes na criação de todo o processo do seu vídeo, começando pelo texto narrado, as ideias centrais, a captação e edição das imagens. Eternize o melhor de seu negócio para o mundo ver.





projeto reflexão drogas e drogadição
As estatísticas relacionadas às drogas e drogadição são cada vez mais alarmantes. A sociedade busca saídas para resolver e amenizar os problemas resultantes do uso de drogas. Atentos a essa problemática desenvolvemos um projeto que proporciona aos participantes conhecimentos sobre drogas lícitas e ilícitas e as consequências da drogadição. Instigar e fazer com que essas pessoas e suas famílias reflitam sobre o assunto e busquem alternativas de prevenção e possíveis tratamentos para esse problema social e saúde pública. Clique aqui e veja mais